Como fazer agendamento de Passaporte no RJ

Confira os procedimentos necessários para fazer agendamento passaporte RJ

Precisa tirar passaporte, mas não sabe como fazer o agendamento de passaporte no Rio de Janeiro? Então a sua melhor alternativa é acompanhar este artigo até o final.

Isso porque aqui será possível encontrar um passo a passo de como fazer esse agendamento de passaporte. Lembre-se de prestar bastante atenção para não ter nenhuma dúvida na hora de colocar as etapas em prática.

Sendo assim, continue a sua leitura e fique por dentro de como funciona todas essas etapas. Se necessário, não deixe de fazer algumas anotações importantes.

Tudo isso com certeza vai economizar um tempo muito grande e vai tornar o processo bem menos burocrático.

Tenha um boa leitura!

Agendamento Passaporte
Agendamento Passaporte

Passo a passo a passo para fazer o agendamento de passaporte no Rio de Janeiro

Logo abaixo você encontrará um passo a passo bastante completo de como fazer o agendamento de passaporte no Rio de Janeiro. Acompanhe com bastante atenção e entenda todos os procedimentos de forma detalhada a fim de evitar futuras dores de cabeça.

Passo 1: Separe todos os documentos

Em primeiro lugar, é necessário ter em mãos todos os documentos necessários para fazer o agendamento de passaporte no Rio de Janeiro. Mas, quais são essas documentos? Veja a seguir:

  • CPF: caso a Carteira de Trabalho, a CNH ou o RG já tenham o número do CPF, não é preciso mostrar o original;
  • Documento de Identidade: nesse caso, pode ser a carteira de habilitação (CNH), a carteira de trabalho, a carteira de identidade (RG). Além disso, o passaporte antigo também vale. Outra dica importante é que, se você já mudou de novo alguma vez, é preciso também levar a certidão de nascimento;
  • Certidão de Casamento: ela apenas é necessária caso a pessoa tenha mudado o nome após o casamento.

Em casos de brasileiros naturalizados, a certidão de naturalização é solicitada. Além de tudo isso, se esse não for o seu primeiro passaporte, é necessário também levar o antigo se ele ainda estiver válido. Caso não seja apresentado no momento certo, a taxa cobrada será o dobro do valor.

A boa notícia é que não é mais preciso mostrar o título de eleitor ou os comprovantes de votação. No caso dos homens, também não é mais necessário comprovar que está em dia com o serviço militar.

Entretanto, de qualquer maneira você precisa sim estar regular com todos esses órgãos, uma vez que é realizada toda uma checagem na hora da emissão do passaporte. Se essa checagem, por exemplo, mostrar alguma divergência, todos esses documentos e comprovantes precisarão ser apresentados.

Sendo assim, não deixe de conferir como está a sua situação perante o Exército e perante o TSE.

Passo 2: Preencha o documento de solicitação da PF

Depois de reunir toda a documentação necessária para o agendamento de passaporte, é necessário preencher uma solicitação diretamente no site da Polícia Federal. Esse formulário, felizmente, é bem rápido e simples de ser preenchido.

Ao todo, existem quatro telas diferentes nas quais é preciso colocar algumas informações como, por exemplo, números de documentos, dados pessoais, e-mail, profissão, endereço, entre outros.

Muitas pessoas têm dúvidas de como colocar o nome e o sobrenome. Sendo assim, é válido ressaltar que o padrão é que sejam incluídos todos os nomes no primeiro campo e os sobrenomes no segundo.

Fazer tudo isso da forma correta acaba deixando o atendimento mais rápido e menos burocrático.

No entanto, se preencheu sem querer alguma informação errada, também não tem problema. Basta avisar na Polícia Federal para que eles façam as alterações necessárias.

Depois de preencher todo o documento e confirmar seus dados, um boleto do Guia de Recolhimento da União (GRU) será gerado. Além de um protocolo com o número da sua solicitação.

Agendamento Passaporte
Agendamento Passaporte

Passo 3: Faça o pagamento da taxa de emissão

Agora é hora de pagar o boleto que foi gerado, certo? Se por algum motivo ele não for gerado automaticamente, é só clicar no campo que estará indicado no site. A taxa para o agendamento de passaporte é algo entre R$ 250 e R$ 300.

É válido ressaltar que apenas depois do pagamento é possível agendar o atendimento através do site da Polícia Federal.

Na maioria dos casos, o sistema consegue liberar o acesso já no dia seguinte da confirmação do pagamento, ou seja, a partir do momento em que a compensação bancária for feita.

Passo 4: Marque a data de atendimento

Assim que pagar o boleto, o próximo passo é entrar de novo no site da Polícia Federal e abrir a opção “agendamento de atendimento”.

Uma dica importante neste caso é que se você estiver solicitando o passaporte de mais de uma pessoa, é possível agendar todos eles de apenas uma vez.

Para conseguir entrar para fazer o agendamento de passaporte, é necessário inserir o número do CPF, a data de nascimento e o número do protocolo – por isso é tão importante guardá-lo.

Feito isso, o próprio sistema já irá te mostrar todos os postos da Polícia Federal disponíveis em diferentes cidades, assim como os horários e dias vagos.

Passo 5: Vá até a Polícia Federal

Fez o agendamento? Então anote em algum lugar a data e não se esqueça de comparecer ao posto da Polícia Federal no dia e na hora agendados.

Para isso, leve todos aqueles documentos que foram mencionados nos passos anteriores. Não é necessário apresentar o comprovante que mostra que o boleto foi pago, mas não deixe de levar.

Além disso, a foto será tirada direto no posto da Polícia Federal, portanto não precisa levar nenhuma.

Passo 6: Pegue seu passaporte

Pronto, agora é só acompanhar se o seu passaporte já está pronto. Quando isso acontecer, é só ir novamente ao posto da Polícia Federal, com o RG, e retirar o passaporte. Apenas não se esqueça de que a validade do passaporte é de 10 anos. Sendo assim, não deixe para última hora.

As informações foram úteis para você? Deixe a sua opinião!