Como fazer o novo RG no Poupatempo

Neste post eu conto como foi a minha experiência para fazer o novo RG no Poupatempo; vem comigo conferir todas as novidades!

Minha Carteira de Identidade precisava ser atualizada, e como vi que o Estado de São Paulo começou a emitir o novo modelo de RG em 2019, resolvi agendar um horário no Poupatempo.

Em todas as vezes que precisei fazer um documento, sempre fui atendida com agilidade pela equipe do Poupatempo – dessa vez não foi diferente. O serviço continua rápido e excelente.

Mas eu queria falar um pouquinho mais sobre as novidades da nossa identidade.

Você já viu como ficou bacana?

novo rg sao paulo
novo rg sao paulo

Quais são as novidades da Carteira de Identidade?

novo rg sao paulo

Bem, como todos conhecem, o documento de identidade traz as nossas principais informações: nome completo, filiação, naturalidade, data de nascimento, número do CPF, foto e número do registro geral.

Já era bastante coisa, né?

Mas o novo RG é mais completo ainda, e apresenta uma série de itens que eu achei interessantíssimos.

Numeração de outros documentos

Para facilitar a nossa vida, a partir de 2018 o RG passou a exibir também os números de:

  • Título de eleitor;
  • NIS/PIS/PASEP;
  • Carteira de trabalho;
  • Certificado militar;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Identidade profissional;
  • Carteira nacional de saúde.

Data de validade

Ah, não custa lembrar: a nova versão da identidade agora conta com a data de validade. Na edição anterior, apenas a data de expedição era registrada no documento.

Poucas pessoas davam atenção à validade do RG porque, na verdade, não existia uma “data oficial” de expiração.

No entanto, locais como bancos e aeroportos costumam não aceitar documentos com mais de 10 anos de emissão.

Gente, eu já cheguei a perder um voo porque minha antiga identidade estava desatualizada desde 1992.

Então minha dica para você é: renove a sua o mais rápido possível para evitar contratempos.

Inclusão do nome social

Uma novidade que eu achei maravilhosa nesse novo RG é a possibilidade de incluir o nome social da pessoa sem precisar mudar o registro civil dela.

Essa medida dá mais dignidade a todos os cidadãos e cidadãs que têm um nome social e que, até então, não podiam utilizá-lo no cotidiano.

Ficou muito mais humano e tenho certeza que vai evitar constrangimentos.

Indicativos para portadores de necessidades especiais

Outro recurso da nova identidade que achei muito bacana é a possibilidade de exibir símbolos de acessibilidade na parte de frente do RG.

O cidadão pode incluir, por exemplo, os indicativos para deficiência física, auditiva, visual ou intelectual.

Tipo sanguíneo e CID

Você sabe qual é o seu tipo sanguíneo? Essa é uma informação importantíssima para nossa sobrevivência, mas muita gente não sabe (inclusive eu).

Mas a partir da nova lei, o fator sanguíneo é mais um dos dados extras que podem ser adicionados à nova identidade.

Além desse item, o cidadão também pode inserir o CID (Código Internacional de Doenças) no RG, caso julgue ser necessário.

Código QR e código de barras

Outro elemento inédito na carteira de identidade é a impressão de dois códigos QR e de um código de barras na parte interna do RG.

Seguindo um padrão já utilizado na CNH, esses itens impedem a falsificação e as possíveis fraudes que podem ser cometidas com o documento. Muito bom, né?

É obrigatório incluir as informações dos outros documentos na identidade?

Muita gente gostou da possibilidade de incluir outros documentos na Carteira de Identidade, por outro lado, também houve quem se preocupasse em deixar muitas informações pessoais em um único lugar.

Diante dessa divisão de preferências, é importante reforçar que a inclusão de novos dados no RG não é obrigatória. Eu mesma quis adicionar só o número do meu título de eleitor.

Quem quiser colocar tudo, pode colocar; quem não quiser colocar nada, tá liberado também.

Mas preste bastante atenção. Caso queira inserir a numeração de outro documento, você deve levar a versão original dele, tá bom? Foi o que eu fiz com o meu título de eleitor.

Vai que você quer colocar o número da carteira de trabalho na sua nova identidade. Se você levar só a cópia dela, infelizmente eles não poderão incluir os dados no RG.

Como fazer o novo RG no Poupatempo

Bom, gente… agora vou explicar o que eu fiz para tirar meu novo RG no Poupatempo.

Para quem não sabe, o atendimento precisa ser agendado com antecedência. Algumas pessoas torcem o nariz por causa disso, mas vou mostrar que o agendamento é bem fácil e rápido.

O Poupatempo oferece várias opções para a gente agendar os serviços: dá para agendar pelo site, pelo aplicativo, pelo telefone e também pelos totens que eles instalaram em algumas unidades.

Agendamento de RG no Poupatempo

Essa possibilidade de agendar pelo totem eu só fui conhecer quando cheguei lá no posto de Santo Amaro.

Achei muito prática e gostei da ideia – se você der sorte, consegue um horário para o mesmo dia.

Mas como eu já tinha agendado pelo site, ela não foi útil para mim naquele dia (quem sabe na próxima vez?).

Em todas as oportunidades que precisei de um serviço do Poupatempo, eu utilizei o site porque já sabia como funcionava. E dessa vez não foi diferente.

Parte 1: cadastro

Então, você precisa fazer um cadastro para agendar (mas não se preocupe, pois é muito simples se cadastrar).

Quando você tiver com o seu cadastro pronto, basta acessar o site oficial do Poupatempo e clicar no botão de “Agendamento”.

Parte 2: local e data

Em seguida, você vai selecionar a opção correspondente à Carteira de Identidade e escolher o local e a data que você deseja agendar. Eu escolhi uma sexta-feira na unidade Santo Amaro.

O Poupatempo disponibiliza muitos horários, sempre de 15 em 15 minutos. Dá para você ir tanto de manhã, quanto na parte da tarde ou depois do trabalho. Foi o que eu fiz: marquei para as 18h45.

Parte 3: tipo do serviço

Depois dessa seção do horário, você precisa clicar no botão descrito por “Somente você”.

As outras opções servem apenas se você vai fazer a identidade com seus dependentes ou se apenas os dependentes vão tirar o documento.

Por exemplo: se você tiver filhos que são menores de idade, é possível agendar o atendimento para eles no seu cadastro.

Parte 4: 1ª ou 2ª via e nacionalidade

Continuando com o agendamento, você vai precisar selecionar o serviço a ser agendado, isto é, será necessário informar se vai ser a 1ª ou a 2ª via do RG.

Depois, basta informar sua nacionalidade e prosseguir.

Parte 5: pagamento

Agora vem uma parte que muitas pessoas têm dúvidas, o pagamento.

Funciona assim, gente: você pode pagar no dia do agendamento ou deixar para pagar no posto do Poupatempo.

Se você quiser pagar no momento de agendar, existem duas opções: débito em conta e boleto bancário.

O débito em conta é liberado para quatro bancos: Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander.

Como não tenho conta em nenhum deles, optei por gerar um boleto, que é a alternativa oferecida pelo Poupatempo.

Se você preferir pagar na unidade do Poupatempo, é só clicar no botão “agendar sem pagamento” para dar continuidade ao agendamento.

Lembrete: caso faça o pagamento via débito em conta ou via boleto, lembre-se de imprimir o comprovante, pois ele será exigido no dia em que você for ao posto.

Parte 6: confirmação do agendamento e protocolo

Depois de passar pela seção do pagamento, você vai ver que seu agendamento foi confirmado.

Nessa tela de confirmação, serão exibidos o número do protocolo, o endereço da unidade, a data e a hora do agendamento.

Ah, você também vai conseguir ver os documentos exigidos pelo Poupatempo para fazer o RG.

Se for possível, imprima o número do protocolo. Assim como o comprovante do pagamento, ele será solicitado pelo (a) atendente do posto.

Se não puder imprimir, ao menos anote a numeração em algum lugar, combinado?

Quais são os documentos para fazer a nova identidade no Poupatempo?

Gente, a lista de documentos varia de acordo com o tipo de RG que você vai fazer (1ª ou 2ª via).

Para facilitar, vou deixar o link do Poupatempo aqui, assim você pode consultar toda a documentação necessária.

Dá para tirar todas as dúvidas sobre inclusão das novas informações na identidade, incluindo as regras para colocar o nome social.

Como funciona a emissão do novo RG no Poupatempo

Quando chegou o dia de fazer o novo RG no Poupatempo, eu reuni meus documentos e fui até a unidade de Santo Amaro.

Mesmo com o horário marcado, eu segui a recomendação deles e cheguei lá uns 10 minutos antes, o que foi um verdadeiro milagre se considerarmos o trânsito de São Paulo em uma sexta-feira.

Isso foi bom porque eu já comecei a fazer os procedimentos antes mesmo de o relógio marcar 18h45.

Para dar entrada no atendimento, apresentei os documentos, o protocolo impresso e também o comprovante de pagamento. Em seguida, peguei a senha e fui direcionada para a área de emissão do RG.

Se eu tivesse deixado para pagar a taxa de emissão no Poupatempo, ainda teria que passar pela seção de pagamento. Por isso que preferi pagar antecipadamente.

Assinatura e digitais para o novo RG

Em seguida, esperei pouco menos de 5 minutos para ser chamada até o guichê de atendimento.

Apesar de ser quase 19h, ainda tinha bastante gente no Poupatempo, mas eu esperei quase nada e fui atendida muito rápido.

Essa é a etapa em que a atendente registra as impressões digitais dos dedos das mãos e colhe a assinatura.

Ainda bem que hoje é tudo digital, assim a gente não precisa mais sujar os dedos com aquela tinta preta horrível de limpar (era muito ruim tirar aquilo).

Por outro lado, eu sempre tive muita dificuldade para fazer a minha assinatura no equipamento eletrônico que eles usam, e precisei refazer três vezes até ficar boa. Nesse ponto, assinar no papel era muito mais fácil.

Foto para o novo RG

Depois da assinatura, chegou o momento de tirar a foto 3×4.

Você não precisa gastar dinheiro para tirar a fotografia e levar até o Poupatempo, assim como era feito antigamente.

Já faz uns bons anos que o retrato usado da identidade é digital, e o pessoal registra lá mesmo no posto.

Mas tenho que falar que essa é a parte mais tensa para mim. Por mais que eu tente, eu fico nervosa e NUNCA consigo sair bem em uma foto 3×4. É praticamente uma missão impossível.

Dessa vez relaxei mais e até que ela ficou melhorzinha, mas se pudesse, eu faria mais umas 10 vezes até ficar do jeito que eu gostasse.

Mas tudo bem, eu fiquei satisfeita com o resultado e também fiquei feliz que meu atendimento foi tão rápido.

Tenho que deixar os parabéns aos funcionários do Poupatempo, pois eles foram muito atenciosos e competentes. Foi uma experiência ótima como cidadã! Saí de lá ainda com bastante tempo para curtir a minha sexta-feira e ansiosa para receber o meu novo RG.

O RG antigo vai perder a validade?

Gente… antes de acabar, preciso deixar um recado muito importante.

Mesmo com o lançamento do novo modelo, o RG antigo não vai perder a validade, ok? Você pode continuar usando ele tranquilamente no dia a dia.

Você só vai precisar tirar a versão atualizada quando chegar o momento de renovar a identidade – ou se, por acaso, for necessário emitir a 2ª via.

Como fazer o novo RG no Poupatempo
5 (100%) 1 voto