Como fazer agendamento no INSS por telefone

Confira as orientações e aprenda a fazer agendamento no INSS por telefone

Todos os pagamentos previdenciários do Brasil são avaliados pelo INSS, que é o Instituto Nacional de Seguridade Social.

Dentre esses benefícios, a aposentadoria é o mais conhecido, mas há também o Benefício de Prestação Continuada (BPC ou LOAS), auxílio doença, auxílio reclusão e pensão por morte.

Cada vez que os cidadãos desejam solicitar um desses benefícios à previdência, eles têm de fazer o agendamento no INSS, que pode ser virtualmente ou por telefone.

Se você quer marcar seu atendimento via telefone, saiba já como funciona.


Serviços que podem ser agendados no INSS por telefone

Aposentadoria rural e urbana

Vários tipos de trabalhadores podem solicitar a sua aposentadoria definitiva, além de esse benefício também ser disponibilizado a quem paga os carnês de contribuição.

Mais uma forma de aposentadoria é a por invalidez, que acontece quando o trabalhador se acidenta ou tem alguma doença muito grave e debilitante que faz com que ele não possa mais trabalhar.

É claro, todavia, que isso tem de ser atestado por médicos especialistas.

Como fazer agendamento no INSS por telefone

Benefício de Prestação Continuada (BPC ou LOAS)

Esse é um benefício oferecido às pessoas com deficiência ou aos idosos que não têm nenhum meio de renda.

Auxílio doença

Esse é o benefício que costuma anteceder a aposentadoria por invalidez. Muitas vezes, o trabalhador precisa ficar apenas alguns meses afastado das funções para se recuperar e, nesse período, ele recebe o auxílio doença.

Auxílio reclusão

É pago aos dependentes de pessoas presas, desde que estas tenham uma quantidade mínima de contribuição previdenciária, que pode ser pelo trabalho registrado ou pelos carnês.

Pensão por morte

É a pensão oferecida aos dependentes do contribuinte que falece. Porém, esses dependentes terão de provar ao INSS que não há outro casamento oficial e que não há outra renda.


Passo a passo para fazer o agendamento no INSS pelo telefone

Não importa qual seja o benefício previdenciário, existe apenas um número de telefone para fazer os agendamentos: é o 135.

Pessoas de qualquer parte do país podem ligar para ele e é interessante estar com alguns documentos, como as carteiras de trabalho, o CPF e outros básicos.

No atendimento telefônico haverá um menu para que o contribuinte escolha exatamente o que quer agendar.

No entanto, é muito importante que a pessoa saiba antecipadamente o benefício: se ela tem dúvida sobre qual deve pedir, é melhor comparecer ao INSS antes para ser orientada.

Aliás, esse agendamento não dispensa o contribuinte de ir à previdência social: pelo telefone, só se marca exatamente o dia de comparecer à unidade para iniciar os trâmites do benefício.

O número 135 funciona todos os dias, exceto aos domingos, entre as 7h e as 22h.


Agendamento no INSS pela internet

Os contribuintes também têm a chance de agendar usando o Meu INSS; é muito simples fazer o agendamento nesse site, e os cidadãos podem usá-lo também para acompanhar o andamento do seu pedido de benefício.

Para se cadastrar:

  • O cidadão acessa aqui;
  • Clica no ícone circular “Entrar”, à direita;
  • Em seguida, clica-se em “Login”;
  • Clica-se em “Crie sua conta”;
  • Colocam-se as informações pessoais pedidas

Com o login pronto, é preciso ir de novo ao link do Meu INSS e escolher que tipo de agendamento se quer fazer; dentre as opções:

  • Salario maternidade urbano;
  • Agendamentos/Requerimentos (que servem para quem quer solicitar quase qualquer benefício previdenciário);
  • Agendamento de perícia;
  • Solicitação de revisão de benefício pelo artigo 29;
  • Aposentadorias urbanas

Serviços disponíveis no porta Meu INSS

Usar o site Meu INSS é muito mais indicado do que fazer o agendamento pelo telefone 135 por causa da quantidade de serviços que se pode solicitar virtualmente.

Além de agendar benefícios previdenciários, pode-se:

  • Emitir extrato previdenciário (conhecido como CNIS);
  • Consultar resultado de benefício por incapacidade;
  • Solicitar declaração de Nada Consta;
  • Emitir Declaração para Contribuinte Individual;
  • Usar as calculadoras para tempo de contribuição;
  • Consultar Carta de Concessão de Benefício;
  • Visualizar extrato de empréstimo consignado e outros

O que acontece depois de fazer o agendamento no INSS?

Conforme o cidadão liga para o 135 e faz seu agendamento, ele deve passar a juntar todos os documentos que podem ajudá-lo, de acordo com o benefício requerido:

  • Todas as comprovações médicas e atualizadas, essenciais para quem vai pedir aposentadoria por invalidez, BPC ou auxílio doença;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e/ou carnês de contribuição;
  • Documento oficial de identidade com foto;
  • PPP, para o caso de o contribuinte querer pedir a insalubridade em sua aposentadoria

Pode haver outros documentos importantes e o INSS orientará cada contribuinte.

No caso das perícias, é possível que o cidadão tenha necessidade de um acompanhante para se locomover; em situação assim, a presença desse acompanhante tem de ser comunicada na hora do agendamento.

Isso significa que o menu do INSS deve ter a opção para indicar se o periciado estará sozinho ou não. Caso contrário, cabe falar com um atendente.

Como fazer agendamento no INSS por telefone
5 (100%) 1 voto